Casa da Juventude de Amarante celebrou 10 anos

A Casa da Juventude de Amarante (CJ), gerida pelo Aventura Marão Clube (AMC), já ocupa um lugar no coração da população Amarantina, que a vê como uma porta de entrada para o mundo. Um espaço onde podem conhecer e dar a conhecer cultura, costumes, tradições, exprimir e pôr em prática as suas ideias. Em 2019, celebra 10 anos de abertura ao público e este passo não podia passar indiferente na cidade, em Portugal e na Europa.

Durante uma semana, foram várias as atividades organizadas para celebrar esta década: um BOOTCAMP do projeto TRY, financiado pelo Erasmus+, ligado ao empreendedorismo e inovação social, a Entrega de Prémios de Boas Práticas de Associativismo Jovem e de Voluntariado Jovem, do Instituto Português de Desporto e Juventude (IPDJ), o EVS Camp, para voluntários internacionais, uma Conferência Internacional sobre o Erasmus+ e a CJ, e uma Reunião do projeto COOLIVING, sobre sustentabilidade, também financiado pelo Erasmus+. Passaram por Amarante mais de 200 pessoas, estrangeiras e portuguesas, entre elas o Secretário de Estado do Desporto e Juventude, João Paulo Rebelo.

O ponto alto da semana vai para a Conferência Internacional sobre os 10 anos da CJ, que foi um sucesso. Foram dois dias de trocas, partilhas, análise e novidades, que contaram com a presença de figuras importantes na área da juventude e na história deste espaço.

No dia 5 de manhã, a mesa de abertura foi composta por Miguel Pinto, da CJ, Vítor Dias, diretor regional do IPDJ, e André Magalhães, do Município de Amarante, que deram as boas vindas aos presentes e deixaram uma mensagem de apoio. Seguiu-se o testemunho de parceiros locais, onde o Presidente da União de Freguesias de São Gonçalo, Joaquim Pinheiro, e o Diretor da Cercimarante, Carlos Pereira, salientaram a importância dos nossos voluntários e do trabalho desenvolvido em conjunto. Já numa onda mais sentimental, demos voz aos parceiros internacionais, Attila Nagy, da Roménia, e Elina Jogure, da Letónia, e a duas voluntárias, uma internacional, Sophia Spargel, e uma local, Maria Moita, que relembraram alguns dos momentos que passaram connosco e o impacto que tivemos na sua vida. Já à tarde, decorreu a análise SWOT da CJ, tendo sido analisadas as Forças, Fraquezas, Oportunidades e Ameaças.

O dia 6 de dezembro abriu com outros dois parceiros internacionais, Grigoris, da Grécia, e Elisa, de Itália, que apresentaram os resultados da análise feita no dia anterior, dando espaço para um pequeno debate em plenário. A meio da manhã, o palco foi dado a Joaquim Freitas, da Agência Nacional Erasmus+ Juventude em Ação, que apresentou as linhas gerais do novo Erasmus+ 2021 – 2027 e as novas oportunidades que poderão surgir. Para terminar, o Miguel Pinto apresentou a visão paras os próximos 10 anos e o Presidente da Câmara, José Luís Gaspar, terminou com um discurso sobre a importância da CJ na comunidade local e dando os parabéns pelo trabalho que tem sido desenvolvido.

CONTINUAR A LER

Deixe um Comentário

Pode Também Gostar