Ôlo, um laboratório de turismo sustentável

Um grupo de operadores turísticos, jornalistas e especialistas das áreas do turismo e do ambiente estiveram no vale do rio Ôlo, no domingo, para ensaiar e avaliar uma série de propostas de turismo sustentável a implementar ao longo deste curso de água.

A atividade, organizada pelo Aventura Marão Clube (AMC), inseriu-se no projeto “Rio Ôlo – Laboratório de Turismo Sustentável”, promovido pela Câmara Municipal de Amarante, que visa qualificar como um local turístico de projeção internacional o que é considerado um dos rios mais limpos da Europa.

A visita de domingo serviu de teste a uma série de propostas da área do desporto de aventura idealizadas pelo AMC, um de vários parceiros do projeto. Nesse sentido, os participantes tiveram a oportunidade de avaliar um de vários circuitos BTT e outro de canoagem. Entre atividades e no final da visita, o grupo teve ainda a oportunidade de apreciar a gastronomia da região.

cortesia Casa da Juventude de Amarante © 2019

Para além do eventual impacto económico no território proporcionado pelo aumento de visitas e maior atração de investimento, espera-se que a operação contribua, igualmente, para melhorias a nível ecológico, nomeadamente na qualidade da água, regulação do clima e produção de biomassa, entre outros.

Este projeto resulta de uma candidatura do Município de Amarante aprovada pelo Norte2020 que se insere no Eixo Prioritário Qualidade Ambiental, Prioridade de Investimento Conservação, Proteção, Promoção e Desenvolvimento do Património Natural e Cultural, Domínio Sustentabilidade e Eficiência no uso de recursos, com um investimento total de 429.971,10€.

cortesia Casa da Juventude de Amarante © 2019
CONTINUAR A LER

Deixe um Comentário

Pode Também Gostar