Caça à rola-comum condicionada

Rola Comum - Ulrich Prokop - Creative Commons Attribution-Share Alike 3.0 Unported

A caça à rola-comum para a época 2019/2020 vai ser condicionada ao período da manhã, entre o nascer do sol e as 13h00, de acordo com uma alteração à portaria que estabelece as condições das épocas venatórias em Portugal.

Publicada em Diário da República, no dia 1 de agosto, a alteração ao artigo 4º da Portaria 105/2018 de 18 de abril foi justificada pelo “decréscimo significativo”, nos últimos anos, das populações de rola-comum.

A medida é uma de várias previstas num protocolo assinado, em julho, entre caçadores, ambientalistas e o Estado, que vai implementar uma série de restrições à caça desta espécie.

Na altura, a situação rola-comum foi descrita como “dramática” pelas associações ambientalistas envolvidas. De acordo com dados recentes, a população desta ave migratória diminuiu em cerca de 80%, devido, sobretudo, à redução dos habitats e da caça excessiva.

Para além da limitação do tempo de caça, também se estabeleceu uma redução do número de peças a abater para metade do que era permitido, na época anterior. O protocolo estabelece, ainda, que, na próxima época (2020/2021) a caça à rola só se realize durante quatro dias.

A presente época abre a 18 de agosto e termina em finais de setembro.

CONTINUAR A LER

Deixe um Comentário

Pode Também Gostar