A nova Clínica do Campo da Feira

Que expectativas tem o(a) leitor(a) quando procura um serviço de saúde? Várias, com certeza, mas há algumas que, provavelmente, considera funda­mentais: qualidade no atendimento e na comunicação, profissionalismo, rapidez e eficácia na ação. Acertamos?

Estas são, também, as preocupações da (nova) Clínica do Campo da Feira, uma pequena unidade de saúde privada com localização no Largo Sertório de Car­valho (que, de resto, todos conhecem como Campo da Feira, um local mítico e que integra a identidade e idiossin­crasia de muitos amarantinos).

Criada em 2014 por Lara Ribeiro, então uma jovem Mestre em Medicina Dentária, a Clínica iniciou a sua atividade muito fo­cada naquela área médica, com uma clara apos­ta na diferenciação da prestação de serviços em saúde oral, face à oferta disponível em Amarante.

Esta estratégia de diferenciação, que con­sistiu na introdução de inovação nos processos, na desmistificação do trabalho do médico dentis­ta, na qualidade das intervenções médicas e na construção de respostas céleres às necessidades de tratamento dos clientes – mas de que também fez parte um atendimento de proximidade e de “bem receber” – esteve na base do crescimento da Clínica do Campo da Feira, hoje uma referência fundamental em Amarante.

No final do passado mês de novembro, a Clí­nica do Campo da Feira (CCF) abriu-se, renovada, aos seus pacientes: com um novo “layout”, mais moderna e funcional, atraente e confortável. Mas também com uma oferta acrescida de serviços.

Mantendo o seu core na Medicina Dentária, aquela unidade de saúde tem, agora, duas cadei­ras a funcionarem em permanência, permitindo diferentes respostas em simultâneo. E vê esta área enriquecida com novos equipamentos e meios auxiliares de diagnóstico, com a aquisição, entre outros, de um ortopantomógrafo, que vem acrescentar (ainda) mais qualidade, segurança e fiabilidade às intervenções.

Reconhecendo a importância do equipa­mento na prestação de serviços de saúde em Medicina Dentária, a Dra. Lara Ribeiro salienta, todavia, a diversidade de competências e saberes dos profissionais que a Clínica tem ao seu servi­ço, o que torna possível uma oferta múltipla de intervenções.

“Essa oferta vai da cirurgia oral e implantolo­gia à ortodontia, à odontopediatria e endodontia. Os nossos profissionais têm formação específica e espe­cializada nestas disciplinas da Medicina Dentária, o que constitui uma mais valia para a nossa oferta de serviços de saúde oral”, enfatiza a Diretora Clínica da CCF.

A formação, de resto, é uma das “pedras de toque” da Clínica do Campo da Feira, que incen­tiva a contínua atualização dos seus colaborado­res, seja ao nível das áreas médicas, não médicas, ou do pessoal de apoio. De facto, como lembra a Dra. Lara Ribeiro, “a Medicina Dentária, por exem­plo, é uma área médica em constante mudança, sendo recorrente a introdução de novas técnicas e processos, que quem é profissional da área deve do­minar”.

Muito focada, em termos especializados, na cirurgia oral, na implantologia e na ortodontia, saliente-se, também, a odontopediatria, uma área por vezes tida como “crítica” na Medicina Den­tária, por ter como pacientes as crianças, que, muitas vezes, resistem na “ida ao dentista”. A importância do domínio de estratégias para lidar com pacientes desta faixa etária é, por isso, fun­damental, como disse a AMARANTE MAGAZINE a Dra. Silvia Teixeira.

“Normalmente, para as crianças, a ida ao den­tista provoca alguma ansiedade. Ser dentista de crianças exige muita dedicação, paciência e, acima de tudo, muito amor e, claro, técnicas adequadas para as cativar e ganhar a sua confiança”, referiu. “Por outro lado, disse, a ortodontia é uma área mui­to gratificante, porque alinhar os dentes muda o sor­riso e, muitas vezes, a vida dos pacientes. Hoje, é possível fazer-se em qualquer idade e com técnicas menos dolorosas e mais estéticas.”

Com quatro médicas dentistas, num claro enfoque nesta especialidade médica, a Clínica do Campo da Feira oferece também serviços de saúde, por profissionais qualificados, em várias outras áreas: otorrinolaringologia, psicologia, fi­sioterapia e osteopatia, nutrição, audiologia e coaching. A partir de janeiro, a CCF contará tam­bém com a colaboração de uma médica de clínica geral, aumentando, assim, a oferta de cuidados de saúde.

Saliente-se, por fim, que a Clínica do Campo da Feira tem protocolos com várias instituições de Amarante, permitindo aos seus associados e colaboradores acesso a cuidados de saúde em condições mais vantajosas. É o caso do Centro Cultural de Amarante, Adesco, Infantário Creche “O Miúdo”, ou BV de Amarante. Por outro lado, estabeleceu convenções com Subsistemas de Saúde e é Clínica Aderente ao Cheque Dentista do Serviço Nacional de Saúde. Tem, além disso, acordos com vários seguros de saúde (mais infor­mações em www.clinicadocampodafeira.com).

CONTINUAR A LER

Deixe um Comentário

Pode Também Gostar